segunda-feira, 6 de julho de 2009

SECANDO... SÉTIMO MÊS.

Aiii, que eu subi naquela balança maledeta hoje... Só espero que não sejam consequências da semana passada e sim, inchaço por causa das regras do mês... 73.500. Ta, quase 800 grs, mas como ja aconteceu ma vez, espero que seja somente inchaço mesmo... Ouvi um sermão do Gerardão, ai que tristeza... Que eu não posso dar dois passos pra frente e um pra trás; que se eu não me disciplinar ele volta pra Santos com a Marcela... Oh, céus, eu me atirei aos seus pés... "Dão, dão, dão me deixe"... Depois de fazer um bico típico THIS IS SPARTA, ele me levantou e disse que por causa do aumento de peso, não ia ter SNOGS. Gente, sem SNOGS não da! Voltemos à seriedade da dieta! Olha que foto linda saiu numa revista...


300 coisas que eu não sabia sobre GB? kkkkkkkk, eu sabo tudo! Uiiiiiiiiiiiiiiiiiii!
Esse jeito de sentar, essa carinha de sei la... OMG!


Como dica de livro hoje vou falar sobre A NOIVA DO XERIFE, GAYLE KAYE.

O homem da lei e a garota bonita

Christine Vincent já estava correndo o risco de ficar para “titia”, mas não se avistava nenhum marido potencial no horizonte. Foi quando retornou à sua cidade natal e conheceu o bonitão Jonathan Palmer, um xerife de cidade do interior que parecia ter saído diretamente de seus sonhos. Ele reunia tudo o que Christine sempre sonhara encontrar em um homem, mas era um sujeito que não queria saber de compromissos. E, embora ela fizesse tudo o que podia para se manter a distância, Jonathan era um homem a quem era impossível resistir. Solitário por opção, Jonathan vivia muito bem sua tranqüila vida de solteiro – até que atravessou em seu caminho aquela linda professora, neta de uma velhinha briguenta que não dava muita bola para a lei. A doce Christine era uma garota de quem valia a pena correr atrás. Acontece, porém, que Christine era o tipo de mulher com quem um homem se casa... E Jonathan não queria saber de compromissos!

[EU] Como destaque, a velhinha em questão, Pearl, avó da mocinha, é um caso à parte. Mó tranbiqueira! kkkkk, mas de boa, nada de tão terrível assim. Mocinho gostoso, xerife, com o famoso "não caso nunca mais". Divorciado, é um desiludido com o amor. Mocinha ponta firme, fugiu da cidade por conta de algo que aconteceu com ela e o filho do pastor, ela com 17 anos... Enfim romance gostoso de ler, com alguns "meio hots", mas envolvente mesmo assim. A única coisa chata desse livro é a tradução. Expressões como queixinho, cheirinho, alcinha, boquinha, e outros inhas me davam arrepios, me broxaram. Fora isso, leia! É uma gracinha! kkkkkkkkk.

DICAS DA TIA CARLA:

Estava eu vindo embora do meu trabalho agora há pouco e vi o helicóptero da polícia procurando alguém com aquele facho de luz ligado. Olhei pra minha bolsa e apertei contra meu corpo e tive a idéia de fazer esse artigo básico para nós mulheres.
Em primeiro lugar, se trabalha à noite como eu (entro às 13.30 e saio às 19.30), tenha em mente levar o menor número de coisas possíveis junto com você. Me refiro às nossas bolsas.

Eu AMO bolsas. Se forem grandes, melhor ainda. Sempre ia com ela trabalhar, levando celulares, mp4, meus livros, e afins. Ouvi um comentário (não me lembro aonde) sobre tomar muito cuidado com as bolsas grandes. Pela estimativa, os meliantes ficam de olho maior ainda quando elas são grandes... Quanto maior, mais visadas. O que fiz? Troquei minha bolsa por uma menor, pelo menos para trabalhar. É mais seguro. Afinal de contas, são 7 quadras, ja no escuro, pra eu tomar o busão... Apesar da rua ser movimentada. E fique sempre de olho e ouvidos atentos, evite ir ouvindo música muito alta.

Outra coisa muito importante: caso alguém te interpele, nunca grite SOCORRO. Grite FOGO. Porque fogo? Socorro afugenta as pessoas, Fogo atrai, representa menos perigo... Brasileiro é curioso, nunca se esqueça...

Sobre o gás de pimenta. É vendido em qualquer casa tipo de pesca, segundo informações de um amigo meu. É uma segurança.

Outra dica: Nunca reaja na mira de uma arma. Melhor perder a bolsa do que a vida. Evite andar por lugares escuros, qualquer movimento suspeito atravesse a rua, entre em alguma loja aberta. Eu tenho toda uma estrutura montada no decorrer do meu caminho pra algum caso de emergência. Tem 3 seguranças em todo o percurso, conheço todos eles. Previna-se. Bjim.

1 Marcando Presença!:

Pati disse...

Eu queria saber 3000 coisas sobre ele, algumas por vivência!

Layout por Flavinha Garota de Aquario.