quinta-feira, 4 de novembro de 2010

POST DE QUINTA - O VERSO É REPETIDO 44 VEZES.

Ai, gentche, a Cartoon Network ta reprisando os epis de Chaves e Chapolin! E num horário que posso assistir: 8 da noite. Melhor ainda: com a dublagem do Maga e cia! As dublagens dos anos 80 eram as melhores. E volta o cão arrependido... kkkkkkkkkkkkkkkkk.


COISAS DE DOIDA


Isaura Lerê Lerê tava passando roupa hoje cedo e divagando sobre alguns assuntos que tão rolando na net. O caso dos nordestinos, a tal xenofobia (tudo agora tem nome). Esse "descaso" desmedido com os nordestinos vem de séculos, assim como com os homos, etc, etc. Hoje tudo tem nome, hoje tudo é preconceito. Se você fala que é contra o casamento e união homo, é homofóbica, se tu fala que o povo do nordeste elegeu o Dilmão (a maioria pelo bolsa família sim!) e lá tem o maior índice de analfabetismo tu é xenofóbica... Meo, são só opiniões! Agora, se você fala em morte contra eles, aí sim, é preconceito, burrice e falta do que fazer na vida pra desejar a morte de outro ser humano. Vi algumas coisas na net que me deixaram chocadas. Pessoas desejando que o povo nordestino morra, bla bla bla... O voto é livre, cada um sabe de si. Depois é que vamos ver no que vai dar.

Eu sou do interior de São Paulo. Caipira. É, sou chamada de caipira porque falo porrrrrrrrta, torrrrta, vorrrrrrrrta... kkkkkkk. Ta, vorta também não. Só de vez em quando. Tipo aquela piada: Um caipira encontra outro assistindo TV e pergunta: "Firme" (tudo bem?)? E o outro: "Não futebor."
kkkkkkkkkk.

Fui criada ouvindo Chitãozinho e Xororó, Matogrosso e Matias, Milionário e José Rico, entre tantos outros. Desses ainda gosto, me fazem voltar a infância. Mas pra mim, hoje, dupla sertaneja não tem melhor que Christian e Ralf. Enfim, o que quero dizer com isso? Sou caipira, neah?

É muito engraçado no Skype, cara. Olha só: Marcela (Marcy - só chamo de Marcela pq acho o nome inteiro muito sonoro e lindo) é de Santos (ela da uma puxadinha no R - quando ia pra lá na infância, eu tentava falar igual... adoro!). Fabi (Fabiola) mora no Rio de Janeiro e fala daquele jeito todo carioca... Cara, a risada dela é personalizada! Muito bom! Flavis (Flavia) é de Aracaju e óxi, adivinha? Mulé arretada! E cada uma de nós acha o jeito da outra falar engraçado... mas não num sentido pejorativo. Isso faz a diferença entre as pessoas, não o fato de uma ser melhor que a outra. Não funciona assim... Caráter e riqueza de espírito sim, e isso, temos aos montes. Amém.

O fato de ter se voltado nesse ou naquele não nos faz melhores ou piores. É como disse, depois é que vemos os resultados. Encerro o assunto Dilmão por aqui. Não vou dar ibope pra ela no meu Brógui não. :pppppp



RESENHA



SOMBRAS DO PASSADO - SALLY WENTWORTH



"Não quero viver um romance, só uma relação aberta e descomplicada. Não quero me sentir presa a ninguém, Nada de compromissos!"

Melinda Marsden deixou claro que não estava disposta a se ligar emocionalmente a ninguém. Depois da experiência traumática que tivera no passado, não iria repetir a dose.
Ton Rigby queria apenas uma namorada para aproveitar os prazeres da vida. Só sexo. Nada de envolvimento. E Melinda parecia a mulher ideal, já que deixara bem claro seu ponto de vista. Como amor não escolhe "ocasiões especiais" para acontecer, sem que percebessem Melinda e Ton já estavam perdidamente apaixonados. Mas será que as sombras do passado permitiriam que fossem felizes?


EU: LIVRO HORRÍVEL!
Ah, assustou, neah? Pois é, hoje resolvi resenhar um livro que NÃO GOSTEI. Só pra contrariar.
Não sei se é a tradução, ou se é a autora mesmo. Mas eu achei que tava lendo o livro de 2 crianças na pré adolescência.
Os diálogos, como tudo é conduzido, os fatos, pentakepariu! As cenas de "sekiço" são frustrantes, sequências esquisitas... E olha que nem terminei o livro! Geralmente leio tudo em umas 2 horas, mas esse ja tô há uma semana... Sou persistente, capice? Só não abandonei porque sou Doida.
E nem pensa que vou colocar o ebook aqui.



CONEXÃO GERARDÃO


Depois da sessão Gaiola das Loucas no Halloween, o bofe foi visto com a Loira do Banheiro nas ruas de NY. É, companheiros, dias das bruxas forever! Até a Lola entrou na dança...



Mulé magra do caray! Não lembra a Bundchen?


As outras fotos são capturas antigas... Lindas!

Por hoje é só, babes. Bjins.

8 Marcando Presença!:

Menina Fafa disse...

Ui, adorei minha risada personalizada!!!! XD
Nossos papos no Skype são históricos!!!! hahahahahahaha

Ixi, vou passar longe desse livrin!

=*

Leninha - sempre romantica disse...

Adorei seu post, vou indicar nos posts dos blogs amigos que gostei no Meme da semana.
que livrinho que parece ser chato, credo!
Adorei a foto do Gerard, cada dia mais gato, e mais mal acompanhado, kkk

Quanto à Dilma, que é mesmo? kkkk

Luka disse...

Oie !
ahahaha Eu também falo porrrrta , porrrrrteira e porrrrrrtão. rsrsrs
Não sei se vc sabe mas eu nasci em São José dos Campos interior de SP mas moro em Natal-RN. Isso me causa alguns desconfortos porque quando estou aqui em Natal, o povo fala que o meu sotaque é um horror e quando estou em SJC o povo fala que eu estou falando como nordestinos. Afffffff que coisa né ?! Estou sem identidade !

Sobre o caso Dilmão, é isso mesmo. Bora usar a liberdade de expressão com mais responsabilidade sem incitar a violência né meu povo ?!

Sobre a talzinha do twitter, tenho vergonha de dizer que ela é de SP !

Creeeedo o livrinho parece horrível mesmo . rsrsrsrs Acontece !

Bjkas

Carla Fernanda disse...

Oi, Carlinha.

Adorei seu post!

Um dos melhores que li até hoje!

Em relação ao seu "caipirês", lembrei-me de minha mãe, que é de São José do Rio Pardo. Ela sempre puxa os "erres". (risos). É muito legal os sotaques, né?

Tenho amigos de vários lugares do Brasil e aprentes no interior de São Paulo e cada um deles tem o seu jeitinho, a sua particularidade na forma de expressar e acho isso maravilhoso!

Graças a minha mãe, também cresci ouvindo música sertaneja também, de raiz mesmo como Sérgio Reis, Tonico e Tinoco, Almir Sater, Christian e Ralf entre outros.

Sobre o caso Dilmão, faço das suas as minhas palavras. Fiquei chocada com as mensagens preconceituosas na net.

Quanto ao livrinho citado, passo longe! Já aconteceu também comigo também. Sempre tem algum que nos desagrada! (risos).

O Gerard está gatíssimo nessa foto!

Beijos.

Lulu Sempre Romantica disse...

Eu sou nordestina mas desde pequetitinha mora aqui SP, casada com um caipira de Presidente Prudente (não fala mas Porrrrrta) filho de italiano, então já viu que chique o meu nome "Zuanon" kkkk .
Acho que as pessoas não sabem ou não tem noção de como usar a sua liberdade de expressão com responsabilidade e com isso com certeza sem incita a violência do povo ( aqueles ignorantes) Então gente vamos nos respeitar ?!



Beijos

*M客y* disse...

Own, nem sabia que eu tinha "sotaque"!! E como disse a Fabi, nossos papos no Skype são históricos... ainda bem que não dá pra gravar, pq ali só sai M....!!!

#rialto com o "Dia das bruxas forever".

E pra finalizar, concordo com vc, opinião é uma coisa. Desrespeito, e preconceito é outra!!

Beijos =*

lilian disse...

concordo com você aff eu comprei o livro e não gostei da sinopse ódio ://

Marcia disse...

ai..ai..atrasada de novo...mas num faz mar não o importante é comparecer..e compareci.

ai..cara..num tem como não entrar aqui sem estar g-a-r-g-a-l-h-a-n-d-o..hj foi a mamis que perguntou vc tá dando risada sozinha? kkkkkk

hum...sempre que via alguém assistindo o Chaves e dando risada pensava nossa que coisa mais "boba"...um dia sem ter o que fazer liguei a TV e fiquei tentando achar alguma coisa e deu que estava passando o Chaves e resolvi assistir...moral dá história deixe de preconceito porque vc pode acabar sendo uma "boba". rs

È verdade Carlinha hj pra tudo tem um nome..."Bullying" no meu tempo de menina a gente resolvia depois das aulas... o lugar era conhecidissímo... era só falar me espera no fim da rua que ao chegar lá a platéia já estava esperando.
Não estou aqui incitando a violência mas não tinha toda essa frescura nem a dimensão perigosa de hoje.

É triste ver/ouvir essas coisas...caraca não percebem que esse nosso Brasilzão é lindo por natureza(*) cheio de cores, cheiros, sotaques, sabores...

Eu A-D-O-R-O essa grande mistura e é uma pena não ensinarem mais civilidade nas escolas...odeio essa frase mais lá vai..."no meu tempo"...cantavamos o hino nacional todos os dias antes das aulas...ele era estampado em todos os cadernos...sem esquecer o hino da bandeira que é lindo..tinhamos aula de EMC (Educação Moral e Civíca) e OSPB
Organização Social Politica Brasileira)..aff!!! quando entro nesses assuntos eu vou longe... ACORDA BRASIL!!!

Ah eu sou de Sampa mais pra minha felicidade passava ótimas férias em ARRARRAQUARA...BIRIGUI...mas quem pegou mais sotaque foi meu irmão ele num consegue até hoje deixar de falar porrrta...porrrteira...
tb é minha turma Chitãozinha e Xororó, B&M, Edson agora sem o Hudson, Leonardo, Zezé e por aí afora...então sou uma paulista caipira soh.

Eu num consigo falar com as minhas amigas pelo Skype porque nossas atividade e horários não coincidem (já reparou na hora..rs) então ficamos só no tc mesmo então meu sotaque carioca/baiano/etc...é escrito e mental..engraçado como ao mesmo tempo que estou lendo percebo que é como se estivesse escutando...será que é normal??

Puxa fui longe hj neh..mais para finalizar acho bom não dar mais ibope mesmo pra aquela que não vou mais falar o nome (pra não dar ibope)kkkk

É o adiantado da hora...já tou bobeando.

bjs.

Layout por Flavinha Garota de Aquario.