terça-feira, 2 de novembro de 2010

POST DE TERÇA - ALE ALEJANDRO...

Tah, eu nem gosto de Lady Gaga. Mas fazer o que, fala Alejandro que ja vem a cabeça... Don't call my name, don't call my name, Alejandro. E Alejandro é um espanhol muito, mas muito gostoso! E como todo bom espanhol, teimoso, orgulhoso, arrogante...


DESABAFO

Antes da resenha quero escrever algo que ta na cabeça desde cedo. Vou falar do Dilmão.


O que ta feito, ta feito. Não gosto e não votei nela. Mas nem por isso quero que o Brasil se ferre. Que faça um bom governo.

Só não concordo com alguns pontos.

Por exemplo, com o fato de dar o peixe pronto pro povo comer. O povo nordestino, o mais beneficiado com o bolsa família e o maior índice de eleitores petistas e votantes do Lula e Dilma, é tido como o maior índice de analfabetismo no Brasil . Não basta só o bolsa família, companheiro. Falta investir em educação. Só o fato de somente beneficiar quem necessita, faz com que as gerações dessa mesma família se "acomode". Logicamente isso se estende em todas as partes do Brasil, mas cito o nordeste como exemplo, que já é um povo sofrido.

Mais um agravante: povo do mensalão de volta ao governo... Zé Dirceu, Palocci, Sarney, Collor... Deus que nos defenda!

Mas é claro, se eu continuar falando, vão falar que tenho "pobrema". Assim se eu falar que não aprovo o casamento homo, ah, sou homofóbica. Mas o fato é esse: não sou a favor das relações homo. Mas tenho amigos que são e jamais fiz diferença de qualquer um deles. Pra mim, homofobia é isso: evitar as pessoas que são gays. Isso não faço. Os atos deles são problemas deles.

Encerro o assunto. Como eu dizia nos tempos de adolescente, política, religião e Menudo não discuto.


RESENHA - DEVANEIOS DA ROMÂNTICA


ETERNO



Algumas cicatrizes demoram a fechar por completo, e quase sempre deixam marcas. Pode o tempo curar uma mágoa? Pode o amor superar o tempo? Yohana e Alejandro saberão como olhar para o presente, tendo o passado a feri-los?


EU: Tenho meus momentos de escrever histórias sofridas. Essa é uma delas.
Alejandro é um cara sério. Teka (Yohana) é uma mulher séria. Sol e Dante é que dão o tom de humor no texto.

Teka e Ale se conhecem desde pequenos. Ele veio da Espanha com os pais para trabalhar na fazenda dos pais dela. Foi amor à primeira vista.

Cresceram, se apaixonaram, mas o destino e algumas armações não o deixaram juntos... Até que, 10 anos depois, ele volta pra fazenda. Ferido na alma e no físico, Alejandro reencontra Teka. Ferida na alma, Teka se fecha. Mas para o amor não há cadeado que resolva.

Ele volta com o filho; ela tinha perdido o filho deles quando nasceu. Mas há mais coisas em meio a tanto sofrimento...

Digamos que o espanhol ta na minha mente e no meu sangue. E enfim, fiz uma vilã digna de ódio. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.


Eis aqui... Alejandro...




Ta na ESTANTE DE LIVROS



CONEXÃO GERARDÃO


Sério, fotenha mais estranha essa. Halloween, 31/10/10.




Ta mais pra Gaiola das Loucas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Mas ainda assim, como todinho com chantilly.


Bem, por hoje zéfini. Bjins.

9 Marcando Presença!:

*M客y* disse...

Engraçado que essa música da Gaga vazou na mesma época que tu tava escrevendo... quando eu lia só conseguia lembrar da musica!! ahahahahahaah

G, vem cá que eu te ensino a fazer um smokey eye decente, bee!! haahahahah

Beijos =*

Menina Fafa disse...

Ale Alejandro delicinha!!!
Ótima história, e com certeza aquela vilã vagaba digna de muiiiito ódio!!!!

G, WTF é essa fantasia?!?!?!? hahahahahahahahahahahah


=*

Beli disse...

Por enquanto, com relação ao futuro político do Brasil, é melhor deixar para depois e delirar com esse Ale... tudo de bom!
E sofrimento faz parte da vida...
bjus

Aline disse...

kkkk
Carla, ainda não conheço o Alejandro! Vou procurar conhecer, afinal um homi desses...
E o GBzão, hein... eu comia todinho sem chantilly!!! Gaiola das loucas foi ótimo.
Bjos

lilian disse...

suspeita essa foto do gerard hein ele poderia ter se fantasiado de bombeiro nada a declara sobre a dilma se ela ferrar com o governo do país ja sei com quem reclama e não é os nordestinos pq tem muito paulista que votou nela tbm

αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ disse...

Faço minha as suas palavras... Não fiquei contente com a eleição, mas tbm não quero que o Brasil se ferre. Só não quero o povo reclamando e dps colocando os msm caras lá.

Q foto é essa do Gerardão?rs. Nem vou comentar...

Carla Fernanda disse...

Oi, Carla.

Concordo plenamente com o que você falou a respeito da política.

Você me fez viajar citando o Menudo. Adorei sua frase!

Achei muito bizarra essa foto do Gerard!

Quanto à sua história, fiquei ansiosa p/ conhecer esse Ale. Ui!

Pelo pouco que você contou, fez-me lembrar dos Calder, da Janet Dailey.

Beijos.

Marcia disse...

Mas ainda assim, como todinho com chantilly...kkkk...cara até meu marido tá te conhecendo não consigo ler tuas resenhas sem "rachar o bico"...qdo começo a rir ele pergunta que foi é a doyda.

Bom vamos lá...

Tb num gosto da tia Lady, e são justamente essas músicas bobas e fáceis que ficam grudadas na cabeça neh.

Dilmão - concordo em genêro, número e grau conheço algumas pessoas que trabalham aqui e tem família lá e dizem que essa iniciativa "bolsa família" só está criando um bando de "vagabundos" mas não podemos generalizar afinal é um povo sofrido a beça.

Nunca parei para pensar sobre o tema da Homofobia...pq tb tenho um monte de amigos gays...e concordo o atos deles são problemas deles \o/

Ai Alejando tá machucadinho tem problema não meu "kit" de primeiro socorro não falha..kkkk

bjs..

Cris disse...

Oi, Carla. A respeito do seu desabafo, gostaria de fazer algumas colocações, sem discutir mérito de qualquer questão, e desabafar um pouco, se vc me permitir. Sou nordestina, cearense, sem, é claro, o sotaque carregado típico das novelas da Globo. Temos diferente musicalidade no jeito de falar de Norte a Sul do país e que nem a globalização e nem mesmo a internet apagam, graças a Deus! Não somos um povo sofrido, à parte, no país. Não mais! Temos nossa cota de sofrimento como em qualquer outra região do Brasil, um pouco mais ou um pouco menos, talvez! Éramos, sim, um povo esquecido pela União! Éramos tratados como coitados, com migalhas, e passávamos fome, de comida, de educação e de valor! É preciso viver no meio desse povo para entender o que 8 anos de bolsa família fez por ele e entender pq quase 80% do Ceará aprovou a continuidade desse governo. O analfabetismo era grande e vergonhoso e ainda o é, mas diminuiu mais do que nos últimos anos. Mais de oito mil jovens cearenses que sequer poderiam sonhar com a universidade chegaram lá por conta de programas federais e outro tanto mais especializados nas escolas técnicas com chances de emprego. E estes jovens de hoje começaram lá atrás bem alimentados pelo bolsa família. Pequenos agricultores beneficiados, mais emprego na área urbana. Nem todos fazem jus ao benefício que recebem, é verdade! E, isso Carla, não é propaganda de partidária porque eu não sou. É a realidade vista por uma cearense que estudou em escola pública, cursou universidade pública, concursada num emprego público a serviço do povo cearense há mais de 15 anos. É verdade que os setores de infra-estrutura, indústria, educação e segurança pública deixaram muito a desejar nesses oito anos. Mas nós éramos esquecidos, relegados a último plano. Hoje, nesse curto espaço de tempo já podemos olhar de igual para nossas regiões irmãs. Somos apenas sofridos mas batalhadores como todo o resto do Brasil. Nada é perfeito e nem tudo funciona tão bem, a corrupção é grande e bem mais visível, mas não somos tolos de imaginar que o problema da corrupção vai melhorar porque esse ou aquele partido político está no poder. A corrupção no Brasil é crônica, independente da cor do partido e cabe a nós brasileiros declarar guerra, começando pela nossa comunidade, nas câmaras de vereadores bem ali na esquina dos nossos lares!Graças a esse governo que bem ou mal, findou, as regiões Norte e Nordeste não mais serão descartadas por qualquer candidato a presidir o Brasil, no futuro. Somos importantes e necessários ao crescimento do nosso país, assim como o Sudeste, o Centro-Oeste e o Sul. E quanto a presidente, Dilma, foi dado o crédito, pelo relevante benefício que tivemos em oito anos. Ela tem o dever de atender às expectativas de todos os cidadãos brasileiros, independente de opinião política e isso não é tarefa fácil. Desejo sorte e, como disse o candidato Serra, que ela faça bem ao Brasil. No mais, é triste a forma como estão usando as comunidades como Orkut e Twitter para agredir o povo nordestino por ter dado a maioria dos seus votos à candidata do Governo. A maioria saiu tb das regiões Norte e Sudeste. Só espero que esses atos não saiam da rede e terminem por aí. Tenho fé e esperança de que um dia olharemos uns aos outros com respeito e dignidade e nos conheceremos apenas como BRASILEIROS! PS. Isso não foi uma discussão, foi apenas um desabafo em nome da nossa região que ainda é vista por uma ótica distorcida pela mídia, até pq desde a época de adolescente...e até hoje... religião, política, menudo, luis miguel e os meus livros românticos não discuto :)). bjsss

Layout por Flavinha Garota de Aquario.