sábado, 14 de julho de 2012

POST DE SÁBADO - EU CHEGUEI EM FRENTE AO PORTÃO...

...Meu cachorro me sorriu latindo...






EDITORIAL


Post de hoje será mais curto que comercial da TekPix.
E o frio, heim? Será que o frio deixa as pessoas mais... lentas?
Saca eu encostada lá no ponto do busão, 6 da tarde, lendo meu bombeirão Julian Salvatore (número 3), quando para uma mulher do meu lado.
-Oi.
Eu: -Oi.
-Ta esperando o ônibus?
Eu olhei pra criatura. Sabe aqueles dias que você ta cansada, querendo que o Ouro Verde passe ontem? Pois é. Respondi: -To.
Na verdade eu queria responder: -Nâo, to fazendo pudim, quer um pedaço?
Ok, gentileza gera gentileza. Ela perguntou sobre as linhas que passavam ali e eu respondi di boa. A culpa não era da criatura se eu tava chamando jacaré de meu amor.
Eis a diferença.
Aqui em casa ninguém escapa não. Fez pergunta idiota, leva resposta imbecil. kkkkkkkkkkkkkkkk.


Falta de assunto, ne?


RESENHA


O HOMEM DE MONTANA - BARBARA DELINSKY
(Montana Man)







Lily Danziger só queria se sentir segura...Ao descobrir que todo o dinheiro do mundo não podia comprar felicidade, ela havia abandonado um casamento falido e uma vida de aparências. Em fuga, com uma filha recém-nascida e sem ninguém com quem contar, ela seguia em sua busca por um novo lar... Até uma tempestade de neve pôr sua única chance de sobrevivência nas mãos de um estranho.
Ele era o típico caubói, com chapéu Stetson, voz grave e modos rudes. Um homem com o coração ferido, que jamais acreditara no amor. A razão lhe dizia que, ao pegar carona com Lily, se deparara com mais do que uma mulher e uma criança indefesas. Ele havia encontrado duas pessoas que precisavam de sua proteção... e talvez sua verdadeira razão de viver.

EU: Ele bem poderia ser um Homem do Texas.
Meo, que homem mal humorado, irônico, rabugento!
Que mulher imatura!
Mas eu gostei. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Deu uma fusão interessante... Ele um homem rústico; ela ingênua. Eu sou mãe de 2 meninos e sei como é cuidar de um recém nascido... E fiquei apavorada em ver uma criança de semanas naquela nevasca toda. Juro que pensei nos meus filhos e quase surtei!
Ela tava fugindo de uma família e homem loucos e insanos. Ele tava procurando uma pessoa... Foi quando ele pediu carona, ela deu. Acabaram atolados na neve no meio do nada.
Entre ficar no carro por dias enquanto ele achava algum lugar e conseguirem um, quase morri de agonia.
Bem, por fim eles acabaram ficando juntos na cabana onde se abrigaram. Seria o fim? Não foi.
Na fazenda dele, coisas aconteceriam... Seria o fim agora? Leia.
Romance gostosinho de ler, mas agoniante (por causa do bebê e nevasca). Se tu gosta de um homem irritante, mas gostoso, ta no livro certo.

CONEXÃO GERARDÃO

Cabelo de "mamãe quero bolo".



Homem ta um mistério só...

COISAS DE DOIDA

Errrrrr...



Ganhei mais 2 livros: Um da Loka da Ba (In Death) e outra do Blog da Sook.

Eu disse que post era curto...

Bjs!

0 Marcando Presença!:

Layout por Flavinha Garota de Aquario.