segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

[RES] 50 TONS DE CINZA - O FILME




Muuuuito bem. Vou colocar minhas considerações sobre o filme sem comprometer pra quem não viu ainda.


Primeiro vou transpor aqui algo que coloquei no Face:

13.02.15

"-Sobre 50 Tons de Cinza no cinema: se vc não leu o livro, vai ficar sem entender muita coisa. Tem muitos detalhes no livro que são contados muito rapidamente na telona.
-Me surpreendi com a Dakota. Ela ta leve, engraçada e madura no filme. Só nas primeiras cenas de sexo que achei muito exagerada sua atuação. Grey nem relava nela e já estava no nirvana.
-Jamie começou não me convencendo muito não, pelo menos nas primeiras cenas. Achei ele muito mecânico. Maassss de repente ele cresceu na atuação. Sua parte atormentada se fez presente. 
-Cenas de sexo óhhhhh uma beleza. kkkkkkkkkkkkkkk
-Filme bem dinâmico. Cena final excelente. 
-Muitas risadas. A Sam deu leveza pro filme. 
-Sala lotada, muitos casais e senhoras taradenhas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Valeu muito a pena. Amei!"



Primeiro: eu continuo achando que muitos detalhes importantes foram deixados pra trás. Pra quem não leu o livro, com a continuidade do filme nos próximos anos, muita coisa vai ficar em interrogação. 

Segundo: eu gostei da dinâmica do filme. Todo mundo sabe que o livro é chato em algumas partes, principalmente pelas repetições de palavras e cenas. Achei que fizeram um bom trabalho no geral, dando aquele gás no filme.

Terceiro: Dakota Johnson. Me surpreendi. Ela deu leveza, humor e desenvoltura à Ana. Gostei muito da Ana "renovada" - apesar de não achá-la chata no livro (só em algumas partes). Boa escolha da atriz.

Quarto: Jamie Dornan. Achei que, no começo, ele foi meio mecânico no papel. Com o decorrer do filme, foi melhorando, a ponto de me convencer nas cenas de sexo e no final. Deve melhorar no decorrer dos outros filmes.

Quinto: os outros personagens apareceram de forma relâmpago, mas ninguém pode reclamar de, pelo menos, não ter sua ponta. :D

E por último: as cenas de sexo/sado. Foram bem convincentes. Não sei a quantas andam os filme de hoje por aí - vamos colocar como exemplo antigo 9/Meia Semanas de Amor - com as cenas de sexo, mas achei realmente top. Dakota ficou quase o filme todo pelada... tem que ter muita coragem. Jamie também ficou, menos que gostaria... Ririri. E vamos combinar, Jamie não merece palmas praquele corpo... merece o Tocantins inteiro!








Só um adendo: tenho visto, principalmente no Face, as feministas e agregadas falando que 50 Tons incita a violência a mulher. 

Primeiro: 50 Tons conta a história de um sádico, que é adepto do BDSM, que escolhe mulheres que topem participar do jogo dele. Ou seja, elas só "apanham" ou porque gostam ou porque gostam. Há um contrato e nenhuma delas entra ali sem saber o que vai acontecer. Sabe o livre arbítrio? Sim, ele existe. Ana sabia bem aonde ela estava entrando... porque ele foi honesto com ela.

Segundo: você apanhar de um homem (seja no sexo ou na vida cotidiana) e não consentir isso, vá até a Delegacia da Mulher mais próxima. Ninguém é obrigado a apanhar e ficar quieta.

Sem conflitos, gente. É só um filme. Eu por exemplo não gosto de Crepúsculo e Harry Potter - acho um pé no saco - mas aprendi, depois de levar uma dura num post no Face, que tenho que respeitar quem gosta. Gosto é gosto. :)

Agora é só esperar os outros filmes. Sim, vão filmar! Vi algumas especulações que 50 Tons Mais Escuros pode ser dividido em 2 filmes ou ter de 3 a 4 horas de duração. Só acho que o primeiro filme tinha que ser mais completo.

Aqui o link da minha resenha sobre o livro: 50 TONS DE CINZA.

Podem comentar contra ou a favor, não se reprimam. 

Beijos!

0 Marcando Presença!:

Layout por Flavinha Garota de Aquario.