segunda-feira, 12 de março de 2012

OI, MEU NOME É CARLA.

No mundinho de Carla tem:


DRAMA - Sim, sou a Rainha do Drama. Dramatizo tudo, sou consistentemente dramática. Um pingo no i pra mim é letra. Ás vezes nem é necessário tanto drama, mas o drama está aqui, na minha pele. Quero atenção; viva o drama!


POSSESSIVIDADE: Sim, sou possessiva. Do tipo pegajoso - com minhas amizades. Tão grudada que se alguém fugir de mim, até que tem razão! Sempre acho que sendo assim to agradando, fazendo alguém feliz. Tudo tem que concordar comigo; eu defendo, quero defesa também! Quero simplesmente que me digam: "oh, você está certa" quando provavelmente eu to errada! Hello, sou a Rainha do Drama!


CHAMAR A ATENÇÃO: sim, eu quero. Quero meu bom dia ou boa tarde, quero respostas. Quero me sentir querida e necessária, quero que riam das minhas piadas sem graça ou não, quero que me notem! Ei, eu sou um ser humano! Olha eu aqui! Uhul! 


FALAR O QUE QUER: Quero. Não, eu tenho que falar o que quero. Não vou mascarar mais nada na minha vida em função de ninguém. Piso no calo de alguém (isso sempre) e geralmente eu estou errada. Peço desculpas quando erro (por mais drama que eu faça); ou fico com muita raiva , mágoa, etc por um longo tempo: 2 dias. Aí meu coração amolece e lá vou eu e meu arrependimento pedir desculpas. Carla, sua volúvel! Magoar as pessoas e depois pedir desculpas? Fácil, não é? Eu sou assim! E quem tem que arcar com as consequencias de falar o que quer sou eu. Muito provavelmente vou ouvir o que não quero e tenho que aceitar isso. Afinal, quem fala o que quer, ouve o que não quer!


CADE MINHA AMIZADE 24 HORAS? Sim,passei minha vida toda procurando aquela "Renata" do meu livro e nunca achei! Saca? Te conto tudo (tudo), você me conta tudo; eu te ajudo, você me ajuda; eu choro, você chora... Como achar alguém assim, se eu afasto todo mundo? No primeiro "você ta errada" eu rujo como leão: "COOOOOOOMO EU TO ERRADA?" Eu nunca estou errada. Mesmo sabendo que estou errada! 


CARÊNCIA:  Carente? Eu? MUITO, MAS MUITO, MUITO CARENTE! Isso nos remete ao CHAMAR A ATENÇÃO. Quero colo, quero bajulação, quero me sentir necessária, ser necessária. Quero ser incluída em TODOS os assuntos, mesmo que não goste ou não saiba nada dele. Afinal, eu sou a CARLA, a RAINHA DO DRAMA, certo?


NÃO ME DEIXE NO VÁCUO! NÃO ME IGNORE! Odeio, odeio ser deixada no vácuo! Odeio ser ignorada! Quem é necessária não tem que ser deixada no vácuo nem ignorada, certo? Tem que saber de tudo, tem que ser a "expert" no que está sendo exposto... E sempre ter a resposta certa na hora certa! E quando erra... Pffff, fica com aquela cara de tacho/paisagem normal de sempre! 


INDIRETAS NO TWITTER/FACEBOOK/ORKUT E O DIABO A 4: Sim, tem indireta, tem direta, patada e cacetada. Voltemos ao CHAMAR A ATENÇÃO, caray! Afinal, pra não falar sozinha, eu dou meu recado a dita pessoa nas redes sociais! Ops, mas como sou covarde, não ponho os nomes... As indiretas tem endereço certo e geralmente a pessoa sabe quem é. Mas olha só, o Twitter (o que mais dou as patadas) é MEU e faço o que eu quero! O que nos leva ao item "fala o que quer, ouve o que não quer". Eu que aguente as consequencias e chore na cama que é lugar quente depois.


Ja falei mal, ja xinguei, ja mandei pessoas pra PQP em voz alta, ja praguejei, ja ironizei muita coisa que a pessoa escreveu, ja me pus acima de muitas pessoas com minha grande arrogância. Faço piadas podres e quero que riam delas. 


A lista é extensa. Mas ja cansei de me elogiar, sabe? Que tal eu explicar o por que de tudo isso?


Modo ironic desligado.


Porque eu sou assim. Sou inconstante, carente, chorona, reclamona. Decidi parar de tentar me mudar. Quem quiser vai ter que me aceitar desse jeito... Com algumas mudanças futuras, quem sabe. Minha terapeuta me deu esperanças pra minha baixa alto estima. E sinceramente, hoje me dei conta do quanto me segurei pra pelo menos tentar salvar alguma coisa. Falhei.


Sou fiel com minhas amizades virtuais. Fico feliz com sua felicidade e triste com sua tristeza. Sou sincera qdo digo que gosto de você, ainda que algumas vezes não concorde com tudo o que fala. Dou a roupa do corpo ou aquele livro que você tanto quer se isso te faz feliz e nunca peço nada em troca. Adoro fazer alguém feliz e muitas vezes e esqueço o que fiz. Minha intenção não é cobrar de ninguém o que faço de coração. Tento, de alguma maneira, ajudar no que posso. Divulgo sem conhecer, ajudo sem saber quem é. Gosto de compartilhar minha felicidade quando ganho alguma promo e distribuo livros com a mesma felicidade.


Pouco? Sim. Mas essa sou eu. Mais defeitos e menos qualidades. A criatura e seus podres. Me conhece agora? Essa sou eu. E eu mesma cavo minha própria sepultura.   


Não é um post de "coitadinha". Assumo meus erros, assumo minha condição de idiota. Foi só um desabafo mesmo.


Não vou me submeter a mudar pra agradar ninguém. E ninguém é obrigado a suportar minhas neuras. É uma via de mão dupla.


Esse post tem e não tem endereço certo. Mas hoje eu surtei legal... E cansei de tentar entender algumas coisas.


Lamento.


OI, EU SOU A CARLA!

0 Marcando Presença!:

Layout por Flavinha Garota de Aquario.