quarta-feira, 17 de julho de 2013

[RES] INTENÇÕES HONRADAS - CATHERINE MANN

RESENHA


INTENÇÕES HONRADAS - CATHERINE MANN
(Honorable Intentions)





Ele tentou lutar contra seus sentimentos... Mas foi vencido pelo amor.
O major Hank Renshaw sabe praticamente tudo sobre Gabrielle Ballard. Exceto qual é a sensação de tocá-la, pois ela é a noiva de seu melhor amigo. Ou pelo menos era, até ele morrer em combate, mas não sem antes fazer Hank prometer que irá encontrar Gabrielle... Agora ele está em Nova Orleans, no apartamento dela, vendo-a cuidar do filho recém-nascido. Não é a honra que o leva até ela, nem o dever que o faz ficar. Pura e simplesmente, são seus sentimentos e o desejo de possuir a mulher que ele sempre quis, e que finalmente será sua!


EU: Ganhei esse livro da Parça Harlequin. Quando fui escolher, fui ver a história e... escolhi pela capa. Ele é um Major (o que contou muuuitos pontos), mas a capa me catou pelo colarinho e chacoalhou.
Mamãe querida.

E é claro, a história é fofa. Lembra muito Cartas de Amor, da Sandra Brown.

Hank era amigo do casal Kevin e Gabrielle. Kevin trabalhava com ele na força aérea, sendo os melhores amigos. Hank era secretamente apaixonado por ela, mas jamais trairia o amigo. Até que um dia, depois de uma briga do casal, eles se beijaram.
Depois que o amigo morreu em combate, ele foi procurar Gabrielle e a encontrou com o filho recém nascido de Kevin, Max.

O bebê tinha um problema no aparelho digestivo (que a tradutora insiste em chamar de sistema digestório, que não está errado, mas é estranho) e ele quer ajudar. Ela relutou, mas aceitou. Aí, minha gente, segura. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Depois da operação, a paixão explodiu. Morando numa casa com ele (o apartamento dela inundou), redescobriram a atração que tinham um pelo outro.

Que homem é esse, caray! Com muitos músculos e barriga tanquinho (respira, respira); mas não só o físico, ele é apaixonante! E vocês nem sabem o que ele é capaz de fazer com uma máscara com plumas da festa Mardi Grass... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Até que a família dele e dela aparecem. Muitas coisas veem à tona, como Hank tentando superar a morte do amigo e Gabrielle descobrir como o amor é lindo.

Vale a pena ler.

Ah, sabe a foto da capa? Ela existe numa cena do livro. 



Ai, essa doeu, tadica. :D 

Leia e laissez les bons temps rouler!

Beijos!




0 Marcando Presença!:

Layout por Flavinha Garota de Aquario.